Diga-me o que comes e te direi quem és”

 

Escutamos muito que somos o que comemos, mas na verdade, geralmente comemos uma variedade grande e a definição fica complicada… Escolhi a frase original do doutor Frances Anthelme Brillat-Savarin, que busca analisar um indivíduo baseado em seus hábitos alimentares.

Frequentemente recebo alunos interessados em um estilo de vida baseado no Yoga para melhorarem seus físicos e disposição. O engano está em pensar que somente os exercícios e meditação resolvem o problema, quando se tem hábitos errados de alimentação.

Primeiro passo então seria nos perguntarmos: O que, exatamente, estamos comendo? Junk food? Gourmet? Raw? O tipo de alimento que escolhemos é um reflexo do tipo de pessoa que somos. Tente se definir: lembre-se de suas últimas refeições e seus hábitos alimentares. Que tipo de comida você é? Se seu tipo definitivamente não é o saudável e você crê que está na hora de mudar, está dado o primeiro passo! Busque novos hábitos!

Segundo passo é livrar-se de tudo que não é saudável dentro de casa e suprir a geladeira com frutas e vegetais frescos (de preferência orgânicos), arroz e massas integrais, chás e temperos naturais.

Itens que corto dos cardápios quando sugiro dietas, são frituras, farinha branca, sal e açúcar, e algo que sempre digo é: tudo em moderação, até os mais saudáveis, mesmo porque, o segredo de um corpo e mente saudáveis está em manter o equilíbrio.

Segue abaixo uma pequena dica com dez itens de hábitos alimentares saudáveis sem ser radical:

1. Troque a massa e o arroz brancos por integrais (até mesmo em restaurantes, pois muitos oferecem estas opções);

2. Tenha sempre especiarias e ervas naturais para temperar sua comida, buscando evitar o sal. Nas saladas, azeite de oliva, limão e mostarda são ótimas opções;

3. NÃO compre NADA de lata!;

4. Tenha sempre snacks saudáveis (barra de cereais, fruta, cenoura, passas) na bolsa ou no trabalho, e busque não ficar mais do que 3 horas sem ingerir algo;

5. Antes de deitar, após pelo menos 30 minutos da última refeição, tome um copo de chá quente natural e descafeinado (chá de gengibre natural é ótimo p/ desintoxicar);

6. Tome pelo menos um copo de yogurte (ou Kefir) com cereais naturais (sem adição de açúcar!): aveia, granola, linhaça… outras opções são coco ralado, cranberry e frutas naturais;

7. Troque o açúcar e adoçantes por agave;
8. Troque o óleo ou manteiga para cozinhar pela manteiga clarificada (ghee);

9. Se tiver sal em casa, busque o sal do Himalaia (tem cor rosa);

10. Tente não ingerir liquido durante as refeições, mastigar bem devagar, e não comer até estar completamente satisfeito. Pare de comer, como quando quer “guardar” um espacinho para a sobremesa.

Atualmente minha alimentação é 90% baseada no Ayurveda, um dos mais antigos sistemas medicinais da humanidade, criado na Índia, e que tem como filosofia a saúde como uma integração equilibrada e dinâmica entre nosso meio ambiente, corpo, mente e espírito.
Muitas das dicas acima foram baseadas neste sistema.

Espero ter ajudado neste nosso primeiro contato… No próximo falarei um pouco mais especificamente sobre os passos para seguir o estilo Ayurvédico.

Namasté!

Eliane Carotta

Deixe seu comentario

You must be logged in to post a comment. Log in »

© 2011 BRTVonline.com
Developed by Lytron Web Design Fort Lauderdale