NATAL & RABANADA LIGHT (Postado em 12/24/2007)

 

O Natal vem ganhando mais importância e significado dentro de mim a cada ano que passo aqui nos Estados Unidos.

A distância geográfica e temporal da família, dos amigos, das raízes, das lembranças fazem com que esta data me emocione a cada ano mais e mais.

Papai Noel nunca foi minha referência maior da data.

Descobri que ele era invenção de gente grande aos quatro anos de idade.

Nos anos subsequentes, eu fingia que acreditava que os presentes que ganhava eram dados por ele pois não queria que minha mãe e meu pai ficassem tristes por eu ter perdido essa ilusão infantil em tão tenra idade.

Quando descobri que o motivo maior da festa era a comemoração simbólica do nascimento de Jesus, este espírito superior que nos ensinou tantas lições boas, comecei a usufruir de maneira plena e feliz este dia.

Sem culpa, sem crises.

Natal pra mim é essencialmente Jesus, paz, família, amigos e rabanada.

Uma das lembranças mais fortes e presentes de minha infância é a imagem, o cheiro e o gosto delicioso da rabanada que minha avó Alice (mãe da minha mãe) preparava na tigela grande de louça branca.

Esta iguaria sempre esteve presente na minha casa, não só no Natal mas durante o ano todo.

Quando vim para os Estados Unidos, passei a preparar eu mesma minhas rabanadas.

E devido a essa desgraça que ocorre com todos nós de começar a engordar após os 30 anos de idade, desenvolvi a receita da RABANADA LIGHT.

Não está comprovado cientificamente que não engorda ou que engorda menos, mas fica gostosa e a gente come, se empanturra com menos culpa.

Não sou as amigas Regina Franco ou Alzita, muito menos a Ana Maria Braga nem o Emeril mas – tchan tchan tchan tchan – dou minhas cacetadas na cozinha de vez em quando.

Compartilho com vocês a receita da minha RABANADA LIGHT, desejando a todos os queridófilos e queridófilas de plantão um Natal verdadeiro, sem consumismo desenfreado, com saúde, harmonia e comemoração ao amor, à amizade e ao aniversário de Jesus.

Voilá!

Ingredientes: (todos são encontrados facilmente no Publix,aqui nos EUA, ou em qualquer supermercado do Brasil)

.pão cubano (EUA) / pão de rabanada (Br) (pão francês não serve, fica duro e seco por dentro, uma porcaria)
.leite low fat (baixo teor de gordura)
.ovos ( aqueles de caixinha, sem casca, só com a clara, com baixo teor de colesterol)
.óleo (escolha um light, com baixo teor de colesterol)
.adoçante Splenda para preparo de doces (é o melhor para se fazer doces)
.erva doce
.cravo da Índia
.noz moscada
.canela em pó
.uma pitada de sal
.papel toalha

Modo de preparar:

Cortar os pães em fatias médias (se for muito fino vai se desmanchar, esfarelar; se for muito grosso vai ficar seco por dentro). Reservar.

Misturar o açúcar, a canela em pó numa tigela média. Reservar.

Colocar o leite, a erva doce (a gosto), a noz moscada (a gosto mas não muito- se exagerar fica um gosto muito forte, meio azedo, amargo) e o cravo da Índia (a gosto) para bater no liquidificador, até as especiarias se desmancharem e se misturarem por completo ao leite.

Bater os ovos (para cada litro de leite usar meio copo de "ovo de caxinha") numa tigela a parte, até ficar espumante.

Juntar tudo. Bater no liquidificador ou na batedeira até ficar bem misturado.

Colocar o açúcar (a gosto).

Colocar uma pitadinha de sal .

Minha avó Emilia (mãe do meu pai)-que era uma excelente cozinheira do lar- dizia que todo doce tem que ter uma pitadinha de sal.

Até hoje não sei porque mas sempre coloco a pitadinha de sal.

Dá certo.

Cozinhar é química, alquimia.

(Coloque a pitadinha de sal e não discuta, pô!)

Colocar as fatias de pão dentro desta mistura.

Esperar 1 minuto até cada fatia ficar bem encharcada.

Pegar cada fatia, espremer um pouco delicadamente entre as mãos, para retirar o excesso do líquido.

Fritar em óleo quente.

Retirar as fatias fritas, deixar escorrer e secar no papel toalha.

Depois disso, passar cada fatia dentro da tigela com a mistura de açúcar e canela.

Após servir, se sobrar alguma, guardar na geladeira para o café da manhã do dia seguinte.

Se ficar fora da geladeira, estraga com facilidade.

É a química, a alquimia…

Bom apetite!!!!

Feliz vida!!!!

Rose Max

Deixe seu comentario

You must be logged in to post a comment. Log in »

© 2011 BRTVonline.com
Developed by Lytron Web Design Fort Lauderdale